fevereiro 01, 2016

Cosméticos Tóxicos - Componentes que podem ser nocivos para a nossa saúde! Parte 1 #Desapego

Hello... Hello...

Hoje trago-vos um post acerca de assunto deveras importante.
A toxicidade dos nossos produtos de cosmética e maquilhagem!

Será que quando compramos algo temos em atenção a lista de ingredientes do produto??
Provavelmente sim... Possivelmente não!

Será que conhecemos todos aqueles nomes estranhos que dificilmente conseguimos pronunciar? Será que fazemos uma busca na internet sobre o que são?
Provavelmente sim... Possivelmente não!





Este artigo tem como intuito alertar todas nós sobre o que estamos a comprar... devemos mudar de atitude e mentalidade... Não podemos deixar que as grandes corporações nos iludam, acerca de produtos fantásticos (que na maioria dos casos são!) mas que no fundo, só trazem veneno dentro de um frasquinho!

Uma vez que, o mundo da blogosfera está no auge, é de extrema importância que todas as "cabeças de cartaz" tenham uma posição bem firme sobre este assunto, uma vez que, recebem em primeira mão press releases de marcas, são convidadas para eventos, testam produtos, são caras de campanhas, lançam linhas de cosmética e maquilhagem, etc.

E de facto, é algo que tem ficado esquecido!

Acho que ninguém vai querer comprar um produto que é tóxico mesmo que ele à primeira vista nos traga alguns benefícios como uma pele aparentemente mais hidratada, mais saudável, bonita, etc... tudo isto desaparece e o que permanece são aqueles componentes tóxicos que a nossa pele absorveu e agora estão dentro de nós!

Eu fiquei indignada com a quantidade de produtos que consumia com componentes tóxicos na sua composição!

Marcas que confiava, deixei de confiar... agora estou na busca incessante de marcas orgânicas e biológicas para poder substituir todos os produtos que uso no dia-a-dia...

Através de uma pesquisa que realizei descobri vários ingredientes prejudiciais que estão presentes na maioria dos cosméticos e produtos de maquilhagem que geralmente compramos.

Vamos lá saber quais são!

Em primeiro lugar, é importante referir que, em Portugal, a Autoridade Competente que tutela os produtos cosméticos e de higiene corporal é o INFARMED, que pertence ao Ministério da Saúde. A esta autoridade compete verificar o cumprimento da legislação aplicável, através da análise da conformidade das notificações de PCHC, assim como a realização de inspecções, vigilância do mercado e controlo laboratorial aleatório.

Em segundo lugar, é também importante referir que existem substâncias classificadas como cancerígenas, mutagénicas ou tóxicas para a reprodução (CMR) presentes nos produtos e que estas são aceites mediante critérios bem definidos no que respeita aos limites de concentrações e graus de exposição permitidos.


E aqui começa a jornada deste artigo.

As autoridades competentes permitem que seja introduzido estas substâncias altamente tóxicas nos produtos que consumimos diariamente como um simples shampoo, creme, gel de banho etc.
Não interessa em nada, se a concentração é baixa e está dentro do limite aceitável por essas autoridades.... a questão é que elas são tóxicas, cancerígenas e a longo prazo fazem-nos mal... nós consumimos esses produtos diariamente... reflictam sobre isto!


  • Parabenos mais utilizados -  os parabenos são substâncias utilizadas nas formulações dos cosméticos para a conservação dos mesmos, afim de evitar a contaminação de micro-organismos. Por apresentarem baixo custo, são bastante usados em diversos cosméticos e até em alimentos para os conservar. No entanto em 1998, o inglês Huffington, apontou a relação dos parabenos presentes nos desodorantes com o cancro da mama e que estes podem apresentar propriedades estrogênicas, podendo levar a desequilíbrios hormonais. No entanto, só em 2004 foi publicado no Journal Of Applied Toxicology, que os parabenos de facto apresentam propriedades estrogênicas, contribuindo aos desequilíbrios hormonais e consequentemente o aparecimento de cancro de mama. Cientistas estudaram 20 casos diferentes de cancro de mama durante 3 anos e chegaram à conclusão de que havia concentrações de parabenos nos tecidos cancerígenos dos seios. Os parabenos são muito utilizados em diversos produtos farmacêuticos, alimentos e cosméticos.

METHYLPARABEN o E-218
ETHYLPARABEN  o E-214
PROPYLPARABEN o E-216
BUTYLPARABEN o E-209


  • Parafina - Normalmente é encontrado em cosméticos e protectores solares e segundo os pesquisadores pode induzir a artrite.

Parafina
Paraffinum
Paraffinum liquidum
Petrolatum
Petroleum
Glicol Propileno
Vaselina
Aceite Mineral


  • Ftalatos - são um conjunto de substâncias capazes de tornar plásticos rígidos em plásticos maleavéis. Nos cosméticos eles são responsáveis pelo brilho e pela fixação da cor nos vernizes e permitem que os perfumes durem mais tempo... em produtos como hidratantes, spray de cabelo, sabonetes líquidos, antitranspirantes, desodorantes, condicionadores e shampoo, os ftalatos têm como função dar aquele aspecto liquido ou de cremosidade. Nas embalagens dos produtos, raramente existe a descrição literal de "ftalato". Os nomes mais comuns são: phthalates, dibutylphthalate (DBP), dimethylphthalate (DMP), diethyphthalate (DEP). Podem também aparecer nomes em português como: butila, benzila, dibutila, diciclohexila, dietila, disodecila, di-2-etilexila e dioctila. Os efeitos negativos em humanos é o aparecimento de cancro da mama, desregulação hormonal, diminuição da fertilidade masculina. O uso de ftalatos em cosméticos é proibido na europa por serem considerados tóxicos para o sistema reprodutivo.

Dietilexiloftalato o DEHP
Butilbenziftalato o BBP
Dibutilftalato o DBP
Butildecilftalato o BDP
Diunddecilftalato o DUP

  • Formaldeído - é um composto químico orgânico volátil (voc) feito a partir do metanol, que é um álcool muito tóxico à saúde. Ele serve para impedir o crescimento de microrganismos em diversos produtos, portanto ele tem uma acção conservante. Em forma liquida, ele pode ser chamado de formol. Podemos encontra-lo em sistemas de ventilação, materiais de construção, moveis, carpetes, tintas, vernizes, cigarros, desinfectantes, produtos para alisamento de cabelo, etc. É carcinogênico para humanos e outros animais. Nos cosméticos, o formaldeído pode ser encontrado em produtos para as unhas, cola para pestanas postiças, gel, creme e produtos para alisamento capilar, shampoo de crianças, sabonete liquido e em barra para o corpo, desodorantes, cremes para a pele, elixir bucais, etc.

Aldioxa
Alcloxa
Bronopol
Bronosol
Diazolidinyl Urea
Imidazolidinyl Urea
Polyoxymethylene Urea
Imidazolidinyl-Urea
2-Bromo-2-Nitropropane-1
3-Diol, 5-Bromo-5-Nitro1
3-Dioxane
Methenamine
Sodium Hydroxymethylglycinate
DMDM Hydantoin
Quaternium-15
Onyxide 500
Dimethyl Oxazolidine
E todas as substancias com o prefixo: MDM, DM,DMDM, DMHF o DEMD

  • PEG (Polietilenglicol) e derivados - podemos encontrar em óleos de banho, cremes, loções, maquilhagem, pasta de dentes, shampoo, desodorante, sabonetes e perfumes. 
PEG + um número
Sufixo TH (como Steareth ou Laureth)


Em média, usamos cerca de 10 a 12 produtos de beleza diariamente como: Shampoo, amaciador/condicionador sabonete, hidratante corporal, hidratante facial, tónico, maquilhagem, desmaquilhante, desodorante, baton de cieiro, entre outros.
Já leram os rótulos?
Já tentaram perceber o que cada ingrediente é?
Que grau de toxicidade tem?
O que podem causar à pele e ao organismo a longo prazo?

Visitem o site: http://www.ewg.org/, lá podem pesquisar um produto e saber qual o nivel de toxicidade do mesmo. Existe também uma aplicação para telemovél SkinDeep.

Isto também não quer dizer que devemos deixar de usar maquilhagem e cosméticos... simplesmente devemos dar mais atenção na hora de adquirir um produto, investigando se realmente ele vai de encontro às nossas exigências.

Muitas coisas na área da cosmética e maquilhagem não evoluem (a nível legislativo principalmente), porque a maioria não exige absolutamente nada no que toca a substancias nocivas para a saúde do ser humano. Para muitos, o importante é a pele ficar radiante naquele dia, naquela semana, para aquele evento importantíssimo que vai acontecer... e depois?? retiramos a maquilhagem e os problemas permanecem... ou agravam-se! Mas o problema principal é o lucro $$$ das grandes empresas!

Preço Vs Qualidade é o mais importante nos dias que correm... a maior parte não se importa de pagar bem caro para obter um produto altamente eficaz numa determinada função...

Preço Vs Toxicidade deverá ser a questão de ordem de dia! Nós que consumimos cosméticos e maquilhagem, devemos exigir às grandes marcas que queremos produtos sem venenos! Nós não queremos para de usar a nossa máscara de pestanas e o nosso batom!
Nós podemos fazer algo por isso?
Claro que Sim!
Podemos dizer que não queremos mais comprar determinado produto enquanto a marca não reformular a sua formula!

Imaginem só se determinada marca parasse de vender o seu grande best seller!
Reflictam sobre o tema!
Partilhem comigo a vossa opinião!

Para finalizar, convido-vos a ver o video. Basta clicar no link que segue abaixo :)
https://www.youtube.com/watch?v=N_Jr8BBfD_U