julho 18, 2017

Por que havemos de temer as mudanças?

Mudança = Necessidade - Resistência


«Não há um pecado mais implacavelmente castigado pela natureza que o pecado da resistência à mudança.»
by Anne Morrow

Admito que não é fácil, por vezes, ver com clareza, quando a única coisa que recebemos são uns meros clarões de luz que nos devolvem à escuridão e ao nosso silêncio.


mudanças
Créditos: Jornal do Empreendedor

Contudo, interpreto-os como pontos de referência para trilhar o meu próprio caminho. Ou seja, ver as oportunidades e não apenas as desgraças.

Devemos empenhar-nos tal como Albert Einstein, Thomas Alva Edison e as suas mais de mil tentativas falhadas até finalmente conceberem a lâmpada. A preserverança, é cimento que reforça a oportunidade. 

Sou da opinião que a sorte, a felicidade, a plenitude ou a boa vda cozinham-se em função das nossas atitudes. 

Nós mudamos porque necessitamos!
Quanto maior resistência oferecemos, mais complicada será a mudança; quanto mais forte é a necessidade, mais cedo se supera a mudança. Isto é, com resistência mudamos, mas não nos transformamos. Daí que não possamos mudar ninguém, porque não temos o poder da transformação do próximo se este não se empenha e supera as suas próprias rigidezes e sombras, olhando-as nos olhos e a peito aberto. Por outro lado, quando, quando somos nós que nos transformamos, o nosso meio pode continuar igual e até sofrer para se adaptar a nós, porque não experimentou uma transformação semelhante. 

Sem dúvida que o que negamos nos subjuga, mas o que aceitamos transforma-nos.


mudanças


mudanças
https://icligo.com/cristinasilva