janeiro 08, 2016

Margarida Rebelo Pinto - Livros que nos ajudam a seguir em frente :)

Hello... Hello :) Hoje trago-vos um post, ligeiramente diferente do habitual aqui no blog.

Gostaria de partilhar com vocês 2 livros que me ajudaram imenso numa altura complicada da minha adolescência! Margarida Rebelo Pinto, licenciada em Línguas e Literaturas Modernas na Universidade Clássica de Lisboa, escreveu seis romances, quatro livros de crónicas, um livro para crianças e uma biografia. O seu primeiro livro, Sei Lá, publicado em 1999, foi um dos maiores sucessos de vendas em Portugal. Paralelamente à escrita, Margarida dedicou-se também ao cinema, sendo a autora do telefilme da SIC Um Passeio no Parque.



Um livro adaptado ao cinema, que conta a história de quatro mulheres (todas na casa dos trinta) e os seus amores e desamores, na perspectiva de Madalena. Retrata o quotidiano de uma geração que dificilmente assume compromissos e tem dificuldade em fazer escolhas.


"É o momento em que percebemos que já não somos umas miúdas e temos de construir alguma coisa na nossa vida. É a década das grandes decisões: quando temos filhos e damos saltos profissionais", acredita Margarida Rebelo Pinto.

Aconselho vivamente este livro!

Mas, vamos passar então aos dois livros que me alavancaram em momentos complicados da minha adolescência!

O primeiro livro que li da Margarida, foi Diário da tua ausência, 

"A todas as mulheres que amam e sabem esperar.
Para todos os homens que querem,
mas não as sabem guardar."

Ao longo da leitura, foram várias as vezes que me emocionei, chorei e parei... Este diário, poderia sem dúvida ser também o meu...
Este livro deu-me força para seguir em frente e aceitar a realidade.
A maioria de nós, talvez já tenha perdido alguém e viver com a ausência desse alguém, por vezes limita-nos de vivermos a nossa vida! O mais importante para mim, e uma das mensagens deste livro é acreditar-mos nos nossos sonhos, dedicarmos a tudo aquilo em que acreditarmos e nunca desistir...


Seguidamente ao Diário da tua ausência, vem O dia em que te esqueci... 
Este livro trouxe-me um novo caminho para o verdadeiro amor, sem qualquer sombra de dúvida!
Tem frases extraordinariamente bonitas que nos fazem pensar... 


"Para todas as mulheres
 que viveram um grande amor.
A todos os homens que o perderam."

Este livro, escrito em forma de carta a um amor que não foi feliz para sempre. Entre avanços e recuos, novos amores e outras desilusões, a personagem principal liberta-se, quando menos espera, de um homem que amou, por quem foi amada, mas que nunca se comprometeu.

Puro, simples, verdadeiro e de uma leitura contagiante...

Obrigada Margarida, pelo trabalho tão bonito que fazes!
Obrigada pelas palavras e pela força nas mensagens que nos deixas nos teus livros!